segunda-feira, 8 de agosto de 2011

olá

Peço desculpa mas não tenho tido grandes novidades.

O gânglio da mamária interna está limpo mas o nódulo no pulmão continua lá a chatear.

Continuo a fazer quimio de 3 em 3 semanas, e neste momento estou também a fazer uma medicina alternativa.

Estou um pouco cansada de tanta quimio e de tudo isto é por isso que não tenho vindo aqui. Desculpem-me.

Beijinhos
Marina

24 comentários:

Lina Querubim disse...

Olã Marina, espero que te livres disso o mais rápido possivel beijokas

Gatapininha disse...

Olá Marina
Que tudo corra bem! Eles não ponderam fazer radio?

jokas

Gata Verde disse...

Não peças desculpa moça!!
Continua a luta de cabeça erguida como o tens feito sempre!!!

Mil beijocas

JBártolo disse...

Olá Carequinha:
Esperamos, do fundo deste coraçãozito, que tudo continue a correr bem. Sei que estará cansada, mas é por uma boa causa. Há que aguentar e olhar em frente.
Muitos beijinhos da "outra margem".

IsaLenca disse...

Muita força!

Bjs

Susana Neves disse...

Beijinhos e muita força

Maria de Lourdes disse...

Marina
Que venças mais esta luta é o que eu desejo de todo o coração e vais vencer. beijinho e muita força.

maguie disse...

Força Marina vais conseguir!!!
beijinhos
..

Alda disse...

Marina não tens que pedir desculpa...
Nós compreendemos como ninguém esta luta! Que tudo seja, como mais desejas...
Beijinhos
Alda

elvira carvalho disse...

Olá Marina. Não tem que se desculpar. De uma forma ou de outra todos sabemos quão difícil é a luta. Cá em casa tem sido o marido a sofrê-la mas na verdade toda a família fica implicada.
Deixo um abraço e que Deus a proteja e ajude.

Madalena disse...

Beijinhos Marina! Continua com a tua força, com a tua atitude e com a tua fé!
Beijinhos

BRANCAMAR disse...

Vim trazer um abraço de quem nunca se esquece de ti mesmo em silêncio.
A Vida e o tempo disponível não têm sido fáceis.
Espero que estejas bem agora.

Hoje passei pelo blog do Jorge. Vi que estiveste lá. Pensei que os últimos comentários não teriam sido publicados, mas afinal foram. Que bom que ele pôde sentir a tua companhia por estes dias.

Beijos para ti.
Tia Branca

Isabel Venâncio disse...

Olá, Marina

Cansada? Imagino que sim. Mas respire fundo e mais fundo para ganhar ânimo e regressar.
Vou andando por aqui, a saber de si.

Um abraço
Isabel

Tony Madureira disse...

Olá, noticias?

Gatapininha disse...

Bom ano!!! jokas

Priscila disse...

Olá Marina tenho seguido o seu blog, que me foi indicado pela minha professora Carla Damásio, e queria desde já desejar-lhe muita força e coragem para esta caminhada, que muitas vezes se torna tão dura.
Gostaria muito de entrar em contacto consigo, por causa de um trabalho de investigação que estou a desenvolver com outras alunas de enfermagem, e para o qual gostaria imenso da sua colaboração.
Aguardo a sua resposta. Beijinho

Isabel Venâncio disse...

Olá, Marina. Como está? Não tem dito nada! Espero que seja um bom sinal.
Porque éo que realmente lhe desejo - quecesteja bem, na companhia da sua pipoca, marido, etc.

Um beijo
Isabel

Isabel Venâncio disse...

Olá, querida Marina
Lembro-me muito de si e do isolamento em que sinto que se refugiou.
Está a recuperar?
Quero crer que sim e que mantém a força que lhe é característica.
A sua filhota? Deve estar enorme... O tempo é tão veloz.
Um beijinho grande
Isabel

Anónimo disse...

Marina
Como estás? Gostaria de notícias suas.

LopesCa disse...

Passei para deixar um jinho

Maria-Jose Carvalho disse...

Ontem,dia 24 de Outubro, 2013, pelas 12h a minha primita Marina (aqui conhecida como Careca Loira) deixou-nos. A sua luta foi brava e constante mas o maldito do cancro venceu. Para mim ficam as memórias de uma mulher forte, determinada que só não venceu porque esta luta não é de igual para igual. Tenho a certeza que ela deixaria para todos e todas vós, sobreviventes, um abraço de solidariedade.

Carlos disse...

Boa noite!
Regressados (quase toda a família do Nuno) agora do Complexo Funerário de Figueira da Foz, subscrevemos as palavras da Prima Maria-José Carvalho, testemunhando eu (um dos familiares acima referidos) a serenidade e tranquilidade com que partiu, cerca das 12.30h do dia 24, para uma viagem que todos faremos um dia inevitavelmente.
Estive nesse momento dificil no quarto de hospital onde se despediu da vida terrena, na companhia do Nuno, e de mais 3 Amigas. Dentro da infelicidade que é partir tão cedo e de uma doença em que de facto as armas não são iguais, teve o (se é que se pode chamar assim) conforto de não estar sozinha neste inicio de viagem.
Peço por isso que façam os possíveis por tentar partilhar da serenidade e tranquilidade de quem esteve com ela nos ultimos momentos, já que em relação à dor, não é possível pedi-lo. Essa e a saudade só o tempo se encarregará de os tornar menos intensos.
Agradeço pessoalmente, em nome da familia e certamente de todos quantos a conheceram o apoio que todos os que foram participando neste Blog lhe foram dando ao longo dos anos em que resistiu.
Bem-hajam por isso!

Natália disse...

Olá Maria José e Carlos.
Sinto muito o que aconteceu.
Não conhecia a Marina pessoalmente,mas desde 2009 que a conheci através do blog temos mantido sempre contato,ultimamente no facebook,eu sabia que ela não estava bem,foi uma luta dificil e o maldito desta vez venceu.
A Marina agora é uma linda estrelinha a brilhar no cèu e tenho a certeza que vai olhar por todas nós.
Deixo aqui o meu abraço a toda a familia.

Marina para ti eu mando um beijinho daqui até ao céu.

Descansa em paz amiga.

Gigi disse...

*